PUBLICIDADE
Venezuela

Maduro atribui acusações de narcoterrorismo a ação extremista dos EUA

27 | 03 | 2020   05.11H

O Presidente da Venezuela atribuiu hoje as acusações de narcoterrorismo feitas pelos Estados Unidos, contra o Governo, a "uma ação extremista" e pediu aos militares que estejam alerta contra possíveis ataques.

"Hoje vimos ações contra vários oficiais venezuelanos, [pessoas] de bem. O Governo de Donald Trump, numa ação extrema, vulgar e miserável, lançou falsas acusações", declarou Nicolás Maduro.

O chefe de Estado venezuelano falava a partir do palácio presidencial de Miraflores, durante uma intervenção transmitida pela televisão estatal venezuelana, com a presença em que esteve acompanhado pelo presidente da Assembleia Constituinte [que só integra apoiantes do regime], Diosdado Cabello, e o ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, dois dos 14 membros do Governo acusados pelos EUA.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE