PUBLICIDADE
Covid-19

Rússia admite alargar quarentena de Moscovo a todo o país

30 | 03 | 2020   10.04H

O governo russo pretende alargar a todo o país a quarentena obrigatória que entrou hoje em vigor em Moscovo como medida para conter a pandemia de Covid-19.

"Peço aos dirigentes das regiões da Rússia para tomarem em conta a medida no sentido de estudarem a aplicação nos seus territórios", disse o primeiro-ministro russo, Mikail Mishustin, durante uma reunião ministerial hoje em Moscovo.

O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou na semana passada uma série de medidas para conter a propagação da pandemia de Covid-19, incluindo uma "semana de férias pagas", tendo as autoridades insistindo que os cidadãos devem permanecer em casa sem sair.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE