PUBLICIDADE
Covid-19

Bruxelas recomenda livre circulação de trabalhadores essenciais na UE

30 | 03 | 2020   14.41H

A Comissão Europeia recomendou hoje aos países da União Europeia (UE) que garantam a livre circulação de trabalhadores transfronteiriços com "serviços essenciais", como profissionais de saúde, condutores de mercadorias e forças de segurança, assegurando procedimentos rápidos nas fronteiras.

"A Comissão emitiu hoje orientações práticas para garantir que os trabalhadores móveis na UE, em especial os que exercem profissões críticas para o combate à pandemia de coronavírus, possam chegar aos respetivos locais de trabalho", informa o executivo comunitário em comunicado.

Numa altura em que foram reintroduzidos controlos nas fronteiras internas na UE para tentar conter o surto de covid-19, Bruxelas considera ser "imperativo que os trabalhadores em profissões críticas possam chegar sem demora ao seu destino", evitando assim longas filas aquando das passagens transfronteiriças.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE