PUBLICIDADE
Covid-19

Sindicato acusa Teleperformance de recusar encerrar 'call-center' com surto

31 | 03 | 2020   20.16H

O Sindicato dos Trabalhadores de 'Call Center' (STCC) acusou hoje a empresa Teleperformance de se recusar a encerrar um 'call-center' em Lisboa, apesar de diversos casos confirmados de covid-19, de acordo com um comunicado.

"O STCC tem conhecimento de vários casos confirmados de covid-19 no 'call-center' da Teleperformance da Infante Santo. Existe a confirmação de um caso na campanha Bankinter no piso -2 do edifício e de, pelo menos, três casos na campanha Chubb no piso 2. Um deles encontra-se já hospitalizado", alertou a estrutura sindical.

A Lusa contactou a Teleperformance, mas a empresa não quis comentar esta questão.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Se fossem 'untermenschen' que vivessem em Ovar, a canzoada já estava a latir à porta. Assim nada feito. É o Capitalismo e eles existem, para o defender. Por isso vão sempre tentar saber quantas camionetas e quantos manifestantes vão a Lisboa à manifestação da CGTP, é que pode cair o capitalismo e lá ficam eles sem emprego.
    Dono dos Burros | 01.04.2020 | 00.45Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Essa não entendi: a telecoisaetal recusa encerrar 'call-center' com surto? Ahhhh o vírus transmite-se por telefone!
    anónimo | 31.03.2020 | 23.13Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE