PUBLICIDADE
Covid-19

Primeiro dia de estado de emergência cheio de vida em Moçambique

01 | 04 | 2020   14.02H

Cátia Jorge saiu à rua para vender roupas nas ruas de Maputo, no primeiro dia do estado de emergência em Moçambique, declarado para combater a pandemia causada pelo novo coronavírus.

Apesar dos apelos ao distanciamento social para conter a covid-19, desafia a azáfama do mercado informal do Zimpeto, dizendo que vai enfrentar "qualquer doença pelo sustento" da sua família.

O estado de emergência ainda não impõe limitações à circulação - só se houver um aumento exponencial de casos de infeção pelo novo coronavírus e, oficialmente, Moçambique estacionou nos oito casos desde sexta-feira.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE