PUBLICIDADE
Actualidade

Investigadores recebem 2,5 ME para melhorar e aplicar tecnologia usada nas 'bitcoins'

01 | 04 | 2020   20.58H

Investigadores do Instituto Superior Técnico (IST) vão receber 2,5 milhões de euros de fundos europeus para melhorar a tecnologia 'blockchain', usada em transações financeiras de 'bitcoin' (moeda virtual), e aplicá-la em áreas como saúde e transportes, foi hoje divulgado.

O projeto, a iniciar em maio, terá uma duração de cinco anos, findos os quais a equipa do IST espera disponibilizar os serviços a empresas, artistas ou entidades públicas, nacionais e estrangeiras, adiantou à Lusa um dos coordenadores da iniciativa, Nuno Jardim Nunes, que dirige o Instituto de Tecnologias Interativas, do IST, em Lisboa.

A 'blockchain' é uma tecnologia segura de registo digital de dados que dispensa uma entidade centralizadora para manter esse registo. O uso da 'blockchain' vulgarizou-se com o aparecimento das 'bitcoins', ao permitir registar, de forma fiável, operações financeiras com a moeda virtual sem a necessidade de intermediários.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Não mintam. Segura, escreve-se assim "segura". OK? Mas eu não tenho dinheiro para isso, agora os vossos amigos banqueiros-ladrõe, estão interessados nisso. Força então, que eu e todos os outros cá estaremos para pagar a m++++ que vocês vão fazer.
    Dono dos Burros | 01.04.2020 | 21.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE