PUBLICIDADE
Covid-19

Pessoas de risco que decidam faltar ao trabalho não têm apoios - advogados

06 | 04 | 2020   19.41H

Os trabalhadores dos grupos considerados de risco por contágio do novo coronavírus que decidam faltar ao trabalho não têm qualquer apoio previsto entre o conjunto das medidas aprovadas pelo Governo, segundo advogados consultados pela Lusa.

"Atualmente, não existe qualquer apoio específico que cubra as ausências de trabalhadores que integrem grupos de risco", diz Nuno Ferreira Morgado, da PLMJ.

O especialista em direito do trabalho nota que, de acordo com o decreto do Governo que executa o estado de emergência, "os cidadãos que integrem os grupos de risco, a menos que se encontrem em situação de baixa médica, podem circular para o exercício da atividade profissional".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Nem os outros. Nesta ditadura que os fascistas Costa e Marcelo estão a implantar, manda o Capital. Quem não trabalha quase de borla, pode ser chicoteado, amassado, pode ser enviado para a esquadra de Alfragide para lhe alinharem a direcção. Há que comer e calar. Os vampiros de Zeca Afonso, podem ouvir na internet, por enquanto.
    Dono dos Burros | 06.04.2020 | 21.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE