PUBLICIDADE
Covid-19

Conselho de Saúde defende que limitações de deslocação devem durar mais tempo

06 | 04 | 2020   19.57H

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) defendeu hoje que as limitações aos direitos de deslocação deverão ser mantidas "mais algum tempo", sobretudo na população com mais de 60 anos, para impedir "o aumento descontrolado de casos" de covid-19.

O CNS reuniu-se hoje extraordinariamente para analisar a evolução da pandemia covid-19 e a eventual retoma às atividades no país da qual resultou uma apreciação conjunta divulgada à agência Lusa.

Os membros do Conselho Nacional de Saúde consideram que a informação disponível é insuficiente para, na sua qualidade de órgão consultivo do Governo na definição de políticas de saúde, poder propor respostas à pandemia covid-19, designadamente no que respeita à reabertura das escolas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O fascismo veio para ficar. O estado de excepção que os militantes do NSDAP instalaram, também era para durar, até prometiam 1000 anos. Sempre que alguém agora espirrar, soma mais 15 dias à excepção e bico calado e juízinho, senão estado de sítio, mas com os militares desarmados pela PSP. Agora já não se usa o grito:- quem manda? Salazar! Salazar! Salazar! agora é: - quem manda ? A bófia! A bófia! A bófia!
    Dono dos Burros | 06.04.2020 | 21.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE