PUBLICIDADE
Covid-19

Parlamento iraniano regressa aos trabalhos e rejeita quarentena geral

07 | 04 | 2020   15.58H

O Parlamento iraniano regressou hoje aos trabalhos, após uma pausa de seis semanas por causa da pandemia covid-19, rejeitando uma proposta que impunha o confinamento geral.

Durante a sessão que marcou o regresso aos trabalhos parlamentares, os deputados debateram um projeto de lei para impor o confinamento nacional por um mês, mas o texto foi rejeitado, com a maioria a argumentar que a decisão arruinaria a economia nacional.

Na tentativa de limitar a disseminação do novo coronavírus, as autoridades nunca impuseram o confinamento, mas sempre pediram à população que fique em casa, tendo decidido encerrar a maioria dos negócios não essenciais.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE