PUBLICIDADE
Covid-19

Hospital da Cruz Vermelha fica fora da rede de combate à pandemia - Governo

09 | 04 | 2020   21.03H

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a "rede covid", criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou hoje o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, tal não é necessário.

"Consideramos não se justificar atualmente a integração do Hospital da Cruz Vermelha na rede covid, sem prejuízo do contributo vital que, nesta fase, já é desenvolvido por essa instituição no apoio ao Estado num cenário ímpar e de especial exigência", lê-se numa nota conjunta dos ministérios da Saúde e da Defesa Nacional.

O Governo destacou "o papel da Cruz Vermelha Portuguesa como parte integrante da proteção civil, numa resposta articulada com as entidades competentes".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Devem estar a gozar connosco. Então obrigam o MÉDICO do Curry Cabral a demitir-se e depois do fascista George, ter vergado os elementos comunistas que se acoitam no Hospital da Cruz VERMELHA (não estavam a ver a relação?) agora já não faz falta? Claro que não faz falta, o que faz malta é por o País a trabalhar, o que faz falta é nacionalizar o que for estratégico, o que faz falta são governantes, logo gente que preveja, calcule e se antecipe ao que aí vem e não meros paus-mandados como temos tido com a bamdalheira do PSD-cds-PS, com o apoio dos restantes que sentam o cu na AR.
    Dono dos Burros | 09.04.2020 | 21.32Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE