PUBLICIDADE
Covid-19

Empresas de moldes já sentem a paragem da indústria automóvel

10 | 04 | 2020   09.51H

A pandemia da covid-19 obrigou a mudanças na organização das empresas de moldes nacionais, que já sentem a paragem da indústria automóvel, afirma o secretário-geral da Cefamol - Associação Nacional da Indústria dos Moldes.

"Grande parte dos clientes parou. Há uma ligação muito próxima do setor, como um todo, com a indústria automóvel, e temos visto nas notícias das últimas semanas que a indústria automóvel está paralisada", diz Manuel Oliveira à agência Lusa.

As 174 empresas representadas pela associação, num universo de 536 no país que dão trabalho a 11 mil pessoas, continuam em atividade, sobretudo porque "têm projetos em curso e estão a respeitar os prazos acordados".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • TODOS OS DIAS SAIA UM MODELO VERGONHA
    Povo | 10.04.2020 | 10.12Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE