PUBLICIDADE
Covid-19

Costa diz que retirar estado de emergência seria dar "sinal errado ao país"

10 | 04 | 2020   13.23H

O primeiro-ministro considerou hoje que retirar o estado de emergência devido à covid-19 seria dar "um sinal errado ao país", e salientou que os dias em que a circulação está restrita, durante a Páscoa, "vão ser muitíssimo importantes".

Em entrevista ao programa "Você na Tv", na TVI, António Costa afirmou que "seria dar um sinal errado ao país retirar o estado de emergência".

"Ainda não podemos começar a aliviar [as medidas de contenção], pelo contrário", assinalou, apontando que "este é o momento mais difícil" porque a "fadiga vai-se acumulando", mas é preciso não perder o foco.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE