PUBLICIDADE
Actualidade

Macau prepara expansão para ilha chinesa com projetos a rondar 46,2 mil ME

21 | 04 | 2020   10.33H

Macau vai expandir-se para a vizinha ilha chinesa de Hengqin e o reforço da aposta nos países lusófonos é um dos 'trunfos', existindo já projetos de investimento tecnológico de 400 mil milhões de patacas, anunciou hoje o Governo.

O chefe do Executivo disse hoje aos deputados na Assembleia Legislativa (AL) que existem projetos de desenvolvimento tecnológico integrado no valor de 400 mil milhões de patacas (46,2 mil milhões de euros) prontos para investir na ilha vizinha, que as autoridades querem transformar num centro de internacionalização, com um importante foco nos negócios com países lusófonos.

Projetos de empresas locais que Ho Iat Seng sublinhou serem essenciais para diversificar a economia e potenciar o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de Macau, "uma terra pequena" de cerca de 30 quilómetros quadrados que vê nesta expansão, 'apadrinhada' pelo Presidente chinês, Xi Jinping, uma oportunidade para responder à exigência de Pequim de integração nacional e de reforço do seu papel enquanto plataforma comercial entre a China e os países de língua portuguesa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE