PUBLICIDADE
Covid-19

Setor da bioindústria pede aposta estratégica para responder a crises

06 | 05 | 2020   06.55H

O impacto da covid-19 em Portugal levou a Associação Portuguesa de Bioindústria (P-BIO) a desenvolver um programa de criação de um 'cluster' económico capaz de servir os mercados nacional e europeu, disse um responsável da P-BIO.

Em declarações à Lusa, David Braga Malta, vogal da direção da associação e coordenador do programa Bio-Saúde 2003, considerou que a covid-19 redefiniu publicamente a importância das ciências da vida e o peso que estas poderão ter perante eventuais emergências sanitárias no futuro.

"Precisamos de ter uma biotecnologia forte, produtos desenvolvidos em Portugal e capacidade de resposta para conseguirmos enfrentar novas crises de saúde. Infelizmente, o que a ciência nos mostra é que, provavelmente, vamos ter mais ciclos graves e temos de estar preparados", afirmou, numa alusão à dependência externa de equipamentos médicos e meios de diagnóstico.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE