PUBLICIDADE
Moçambique/Ataques

SADC compromete-se a apoiar no combate a grupos armados em Cabo Delgado

19 | 05 | 2020   20.32H

Maputo, 19 mai 2020 ( Lusa)- A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) comprometeu-se hoje a apoiar Moçambique no combate a grupos armados em Cabo Delgado, onde, pelo menos, 550 pessoas morreram devido às incursões registadas desde outubro de 2017.

A 'troika' do órgão de Política, Defesa e Segurança da comunidade sub-regional "comprometeu-se e instou os Estados-membros da SADC a apoiar o Governo de Moçambique na luta contra os grupos terroristas e armados que atuam em alguns distritos de Cabo Delgado", lê-se numa nota emitida após uma reunião em Harare, capital do Zimbabué.

A situação de insegurança em Cabo Delgado foi abordada pelo chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, durante um encontro que juntou também os Presidentes Emmerson Mnangagwa (Zimbabué, que lidera o órgão), Mokgweetsi Masisi (Botsuana, vice-presidente) e Edgar Lungu (Zâmbia, líder cessante).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE