PUBLICIDADE
Actualidade

Estados Unidos pedem redução da violência para se iniciar diálogo intra-afegão

21 | 05 | 2020   11.50H

O representante especial dos Estados Unidos para o Afeganistão instou hoje a uma redução da violência no país como um passo prévio ao início das conversações de paz entre o governo afegão e os rebeldes talibãs.

Após ter estado reunido na quarta-feira em Cabul com o presidente afegão, Ashraf Ghani, e com Abdullah Abdullah, que está à frente do processo de paz, Zalmay Khalilzad disse hoje através da rede social Twitter: "Em relação à paz, concordámos que a violência é demasiado alta e que é necessário agir com urgência para que todas as partes a reduzam".

"O enviado dos Estados Unidos expressou a esperança de que as negociações intra-afegãs comecem num futuro próximo. Eu sublinhei que a paz também é uma prioridade afegã, mas que necessita um consenso regional e internacional mais forte, assim como uma redução da violência e um cessar-fogo como passos fundamentais para as conversações", escreveu por seu turno Abdullah no Twitter.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE