PUBLICIDADE
Covid-19

Aviões deixam de ter lotação de passageiros reduzida a partir de junho

21 | 05 | 2020   20.50H

O Governo anunciou hoje que os aviões deixam de ter lotação de passageiros reduzida, de dois terços, a partir de 01 de junho e que o uso de "máscara comunitária é obrigatório" nos aviões.

Num comunicado, o gabinete do ministro das Infraestruturas e da Habitação indica que "importa agora alinhar as regras nacionais pelas regras europeias no que toca ao transporte em aviação civil, em que uma estratégia europeia e internacional uniformes são fundamentais para a retoma do setor e da confiança dos passageiros".

"Em termos internacionais, têm vindo a ser estudadas e propostas recomendações sobre um conjunto de medidas sanitárias de combate à epidemia SARS-CoV-2 no setor dos transportes aéreos e a limitação de capacidade das aeronaves não faz parte dessas recomendações", refere o Governo, adiantando que "não se justifica, por isso, que Portugal as mantenha, prejudicando as companhias sujeitas à sua jurisdição".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Ai sim? Interessante. Num ambiente em que o ar é pestilento, em que por razões económicas, o oxigénio é gerido, estes criminosos governamentais, logo protegidos pela polícias do cangaço que pagamos a peso de oiro para protegerem fechaduras e prenderem caveirinhas, limpam o rabo a isso e fecham igrejas, reduzem lotações de comboios e restaurantes e obrigam estes carneiros todos Tugas a andarem mascarados de preservativo. Que m++++ de ciência é esta, que os MÉDICOS aconselham ao governo? Graça 'luvas' Freitas tem acções de alguma companhia aérea?
    Dono dos Burros | 21.05.2020 | 21.58Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE