PUBLICIDADE
Covid-19

Ordem denuncia que enfermeiros infetados no trabalho têm cortes nas remunerações

22 | 05 | 2020   13.11H

A Ordem dos Enfermeiros (OE) denunciou hoje que enfermeiros que foram infetados no trabalho com covid-19 estão a ser confrontados com "cortes significativos" ou mesmo ausência de vencimento, exigindo "medidas urgentes" ao Governo.

A Ordem dos Enfermeiros afirma em comunicado que foi confrontada, nas últimas 24 horas, "com uma situação inadmissível, que não pode deixar de repudiar e denunciar, exigindo medidas urgentes ao Ministério da Saúde e ao Ministério do Trabalho".

"Enfermeiros de todo o país, que foram infetados com a covid-19 no exercício de funções, foram confrontados com a ausência de remuneração ou cortes significativos", adianta.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE