PUBLICIDADE
Covid-19

OMS, de "guardiã global" da saúde pública a palco político da tensão sino-americana

23 | 05 | 2020   08.38H

Em 72 anos, não é a primeira vez que a gestão de crises pela Organização Mundial da Saúde enfrenta críticas, mas a pandemia de covid-19 acabou por levar a agência para o centro do palco político das tensões sino-americanas.

Ao longo das últimas semanas, o escrutínio à gestão da Organização Mundial da Saúde (OMS) da atual pandemia do novo coronavírus envolveu palavras como "falhanço", "marioneta", "deferência", "falta de transparência" e "reforma", a maioria delas proferidas pelo mesmo ator político, o Presidente norte-americano, Donald Trump, e todas elas com dois destinatários: a própria agência e a China, onde os primeiros casos da doença covid-19 foram detetados em dezembro de 2019.

Em abril, o jornal francês Le Monde escrevia que em comparação com outras "convulsões" que esta agência septuagenária da ONU tinha conhecido em anteriores crises, como o Ébola ou a gripe H1N1, a atual seria "a pior da história" da organização, porque, segundo referiu então o diário, "denuncia uma politização da governança (da entidade), uma complacência com o parceiro chinês e uma necessidade de reforma".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Nâo só TRUMP,Austrália,Canadá,Reino Unido,Merkel desmarcando-se da EU ,França etc declararam-se criticas em relaçao á OMS erc.As criticas sâo quase globais conforme se ouve na TV e Radio.A OMS é uma agencia da ONU e que a ONU e OMS dependem financeiramente dos paises muito ou pouco afetados e que paralisaram a economiia mundial.EUA,Japâo,RU,Canadá ,Brasil e outros com menores contribuiçoes.A retirada especifica destas contribuiçoes fará OMS entar em falencia total e a própia ONU está em causa.A cisâo ou dissoluçao pode ser o final.Quem apesar de tudo redestribui riqueza pelo mundo nâo espera que com esse seu dinheiro sja minada e destruida.Nova Ordem INTERNACIONAL ou REMODELAÇÂO total ou parcial vai eventualmente surgir.
    Caçoila | 23.05.2020 | 10.57Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE