PUBLICIDADE
Covid-19

Governo avalia incentivos financeiros para recuperar actos médicos cancelados

23 | 05 | 2020   15.52H

A ministra da Saúde disse hoje que está a estudar incentivos financeiros que permitam recuperar as consultas, exames de diagnóstico e cirurgias canceladas devido à pandemia, e defendeu alterações no funcionamento das Unidades de Saúde familiar.

"Temos estado a trabalhar num plano de identificação de toda a atividade suspensa e estamos a preparar um plano que permita o incentivo financeiro de recuperação da atividade", afirmou Marta Temido na conferência de imprensa diária para fazer o ponto de situação da covid-19, realizada no Ministério da Saúde, em Lisboa.

Segundo os últimos dados disponíveis, entre 16 de março e fim de abril ficaram por realizar 51 mil cirurgias, 540 mil consultas hospitalares, 840 mil consultas de Medicina Geral e Familiar e 990 mil consultas de enfermagem.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Destruíram, está destruído. Agora o PORTUGUÊS é fuzilado e ainda tem que pagar a bala? Foram vocês e o PR, que destruíram este país, paguem do vosso bolso. Não temos que ser nós contribuintes a ter que pagar os vossos erros. CHEGA!!!! Ph++++++++++!
    Dono dos Burros | 23.05.2020 | 20.22Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE