PUBLICIDADE
Covid-19

Testes sem aval do Infarmed para comercialização cumprem critérios de testagem do INSA

24 | 05 | 2020   15.03H

A ministra da Saúde defendeu hoje que é preciso distinguir critérios de testagem, a ser cumpridos, de critérios para introdução no mercado, questionada sobre a falta de parecer positivo do Infarmed a testes aplicados em creches e lares.

O Observador noticiou hoje que 48 mil 'kits' de testes para a covid-19 fabricados em Portugal foram distribuídos sem o parecer obrigatório do Infarmed, o regulador do medicamento e dispositivos médicos.

Segundo o jornal digital, o Infarmed proibiu a distribuição dos testes na sexta-feira, quatro dias depois de ter recebido o relatório de segurança necessário para a disponibilização no mercado de qualquer dispositivo médico, mas numa altura em que os quase 50 mil testes já tinham sido distribuídos e utilizados para testes em lares e creches.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Dura lex sed lex! Com a saúde não se brinca! Os protocolos legais devem ser cumpridos sob pena de se cair na anarquia da saúde!
    Jesus Cristo laico | 24.05.2020 | 21.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE