PUBLICIDADE
Actualidade

África deve deixar de esperar pela salvação vinda de outros - União Africana

25 | 05 | 2020   11.18H

O presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahamat, defendeu hoje a "imperiosa necessidade" de África quebrar a dependência do exterior, adiantando que a pandemia de covid-19 veio recordar de "forma ensurdecedora" essa urgência.

"A grande questão que esta pandemia da covid-19 nos recorda, com uma voz ensurdecedora, é a necessidade imperiosa de quebrar esta dependência do mundo exterior através do duplo imperativo de vivermos dos nossos recursos e de nos orientarmos rumo à industrialização", disse Moussa Faki Mahamat.

Para o presidente da Comissão da União Africana, num mundo em que o multilateralismo está a ser "gravemente posto à prova", África "deve deixar de esperar pela salvação vinda de outros".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE