PUBLICIDADE
Actualidade

Senado brasileiro convoca ministro para explicar declarações em reunião com Bolsonaro

26 | 05 | 2020   02.14H

O Senado brasileiro aprovou na segunda-feira a convocação do ministro da Educação para explicar declarações feitas numa reunião ministerial, em abril, em que defendeu a prisão dos juízes do Supremo.

Na reunião e na presença do Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, Abraham Weintraub afirmou que os juízes do Supremo Tribunal Federal (STF) deviam ser presos e que há muita corrupção em Brasília.

"O povo está gritando por liberdade, ponto. Eu acho que é isso que estamos a perder. O povo está querendo ver o que me trouxe até aqui. Eu, por mim, colocava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF", disse Weintraub, durante a reunião gravada em vídeo, e cuja divulgação foi decretada pelo STF na semana passada.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE