PUBLICIDADE
OE2020

Excedente da Segurança Social cai 28,2% para 1.147 ME até abril

26 | 05 | 2020   22.33H

O excedente da Segurança Social caiu 28,2% para 1.147,4 milhões de euros até abril face ao mês homólogo, refletindo o impacto dos apoios às empresas e famílias aprovados pelo Governo para fazer face à pandemia de covid-19.

De acordo com os dados divulgados hoje pela Direção-Geral do Orçamento (DGO) na Síntese de Execução Orçamental, o saldo da Segurança Social diminuiu 451,4 milhões de euros até abril, por comparação com o mesmo mês de 2019.

Em comunicado, o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social refere que o valor do saldo surge em linha com o verificado no passado mês de março (1.159,1 milhões de euros) e acentua que abril foi o mês "em que começaram a ser pagos os apoios excecionais" decididos pelo Governo para mitigar os impactos das medidas de contenção da pandemia de covid-19.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Muchas gracias. ?Como puedo iniciar sesion?
    tbuyhohnke | 28.07.2020 | 08.05Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Faz parte do planeado. Quando foi dos certificados de aforro, também eram um desperdício estarem na posse do Estado, quando faziam tanta falta aos DTT (espíritos santos e CIA, Lda...), aqui é a mesma coisa. Só que não vai ser o Costa Pina, o Mula-branca do Porto, vão ser dois bandidos a quem a justiça nunca julgará e a polícia protegerá. Nada que as famílias nobres desta terra não fizessem, enquanto houve terras e jóias, foram vendendo.
    Dono dos Burros | 26.05.2020 | 23.17Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE