PUBLICIDADE
Actualidade

Twitter assinala pela primeira vez texto de Donald Trump como notícia falsa

27 | 05 | 2020   08.51H

O Presidente dos Estados Unidos rejeitou na terça-feira a interferência do Twitter na "liberdade de expressão" que a rede social exerceu diretamente contra um texto publicado, através do novo processo de verificação de mensagens.

"O Twitter está a interferir nas eleições presidenciais de 2020. Dizem que a minha declaração sobre o voto pelos correios vai provocar atos de corrupção e fraude, é incorreto, baseando-se em verificações de notícias falsas", escreveu Donald Trump.

"O Twitter está a reprimir por completo a liberdade de expressão e eu, como Presidente, não o vou permitir", acrescentou Trump no mesmo texto difundido no próprio Twitter.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Trump está a lutar contra o Deep State, admira que ainda não tenha tido a mesma sorte que Kennedy. Só que matar Trump, não impede que o Império Criminoso Americano de esboroe. O MAGA (make america great again) não se vai realizar, cada Império tem o seu fim e o da América está a começar. Se até o Português caiu, não vai ser o americano que fica de pé.
    Dono dos Burros | 27.05.2020 | 13.03Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Olha e todos a acusar a Russia etc em interferencias em outrso paises,eleiçoes mails etc.Afinal o TWITTER tem poderes superiores ao do Presidente dos EUA.Resta a TRUMP criar empresa estatal de noticias ,TV,Rádio etc onde niguém pode interferir caso contrário ficará bloqueado e depressa que eleiçoes são em Novembro.
    Bloqueio ao PR EUA | 27.05.2020 | 11.17Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE