PUBLICIDADE
Moçambique/Ataques

Frelimo derrotada pelas mesmas táticas que usou - Nuno Rogeiro

28 | 05 | 2020   07.00H

O analista português Nuno Rogeiro apontou hoje que a Frelimo, poder em Moçambique, está a ser derrotada nos ataques armados em Cabo Delgado pelas mesmas táticas de guerrilha que usou contra o poder colonial, sinal de que perdeu o apoio popular.

"Esse é um dos paradoxos que é realçado no livro" que será lançado a 02 de junho, "O Cabo do Medo", afirmou o autor, em entrevista à Lusa.

Nuno Rogeiro considera que, na província de Cabo Delgado (norte de Moçambique) - palco de ataques 'jihadistas' associados ao Estado Islâmico -, a Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo) "está neste momento com uma batata quente nas mãos muito parecida com aquela que a administração portuguesa tinha entre [19]61 e 74".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE