PUBLICIDADE
Sporting

Clube quer erradicar violência após julgamento sobre o seu "dia mais negro"

28 | 05 | 2020   13.28H

O Sporting defendeu hoje a necessidade de se erradicar a violência do desporto português, considerando que a invasão à academia do clube em Alcochete foi o "dia mais negro" da sua história.

"Numa altura em que chega ao fim o processo de invasão à Academia Sporting, em Alcochete, o Sporting Clube de Portugal apela à sociedade e ao Estado português para que não se voltem a repetir momentos como este, que em nada dignificam o desporto em geral e o futebol em particular", refere o clube em comunicado.

O clube salienta que o caso marcou "indelevelmente" o Sporting e os seus adeptos, explicando que teve "consequências muito nefastas para todos, que chocaram o Mundo".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE