PUBLICIDADE
Venezuela

Mais de 100 deputados contra anulação da presidência parlamentar de Juan Guaidó

29 | 05 | 2020   04.46H

Mais de uma centena de deputados condenou, na quinta-feira, a decisão do Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) de anular a junta de direção da Assembleia Nacional (AN), liderada pelo opositor Juan Guaidó.

Na carta, os parlamentares acusaram o Governo venezuelano de "tentar eliminar a legítima Assembleia Nacional", em que a oposição é maioria, e criticaram a decisão do STJ que reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição.

"A única AN eleita por mais de 14 milhões de venezuelanos está encabeçada para o período 2020-2021 pelo deputado Juan Guaidó como presidente (...) e as suas decisões são as únicas válidas e representativas do Poder Legislativo. Nem a tomada militar e policial do Palácio Federal Legislativo, nem o peso dos subornos ou as ameaças de prisão contra nós, foram obstáculo suficiente para que milhões de venezuelanos se expressassem a favor da liberdade", afirmaram na carta, divulgada em Caracas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE