PUBLICIDADE
Covid-19

Regresso "ansioso" mas "feliz" em igreja do Porto onde foi necessário marcar lugar

30 | 05 | 2020   15.09H

A distância entre fiéis, desinfeção antes, durante e no final da missa e "alguma ansiedade, mas sobretudo muita felicidade", marcaram hoje o regresso às celebrações religiosas no Porto com a paróquia do Cristo Rei a receber apenas quem tinha marcado lugar.

Margarida Sampaio, que já não mora na freguesia onde hoje, pela manhã, foi assistir à missa com o marido e os pais, regressou à paróquia do Cristo Rei onde foi batizada, porque "assistir à missa 'online' é bom, mas não é a mesma coisa", contou à agência Lusa.

De máscara, Margarida quis assistir à cerimónia "num ambiente seguro" e junto da família e escolheu fazê-lo logo na primeira oportunidade para "gerir a ansiedade" do regresso à igreja após uma pausa de mais de dois meses provocada pela covid-19.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE