PUBLICIDADE
Actualidade

Mike Pompeo apelou à libertação do antigo fuzileiro Paul Whelan detido na Rússia

30 | 05 | 2020   20.20H

O chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo, apelou hoje à libertação do antigo fuzileiro naval norte-americano Paul Whelan preso na Rússia com a acusação de espionagem, e criticou a forma como este está a ser tratado na prisão.

"É inaceitável que Paul Whelan não tenha tido acesso aos cuidados médicos necessários antes de a sua situação se tornar urgente. Apelamos à libertação de Paul", disse o secretário de Estado norte-americano, na sua conta na rede social Twitter.

Paul Whelan, 50 anos, que também tem nacionalidade canadiana e irlandesa, foi detido em 2018 "quando cometia um ato de espionagem", segundo os serviços de segurança russos, o FSB.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Tá descansado pá, ele está mais bem tratado do que, os que tu aí tens. São gente com educação e princípios já vocês é como se vê, até os americanos matam. Como trataste a Maria Butina?
    Dono dos Burros | 30.05.2020 | 23.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE