PUBLICIDADE
Actualidade

Artista plástico Christo morreu aos 84 anos

31 | 05 | 2020   22.21H

O artista plástico Christo, conhecido por ter "embrulhado" monumentos como a Pont-Neuf, em Paris, e o Reichstag, em Berlim, morreu hoje, nos Estados Unidos, aos 84 anos, anunciaram os seus representantes.

O artista, nascido Christo Vladimirov Javacheff, na Bulgária, "morreu de causas naturais a 31 de maio de 2020 na sua casa em Nova Iorque", de acordo com uma mensagem do seu escritório divulgada na sua conta oficial na rede social Facebook.

"Christo viveu a sua vida ao máximo, não apenas sonhando com o que parecia impossível, mas realizando-o. O trabalho artístico de Christo e Jeanne-Claude reuniu pessoas em experiências partilhadas em todo o mundo e o seu trabalho continua a viver nos nossos corações e memórias", acrescenta o texto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Ó tempo que este esterco, já devia ter ido. Foi embrulhado pelo vírus? Se foi, ganda vírus. A prostituta imprensa só se preocupa em enaltecer quem nada faz na ++++ da vida. Parecem a secretaria da Presidência da República a chorar baba e ranho, sempre que um parasita cevado com os nossos impostos morre. PKP a todos.
    Dono dos Burros | 01.06.2020 | 02.19Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE