PUBLICIDADE
Actualidade

UE lembra aos EUA que mudança de formato do G7 não cabe à presidência

02 | 06 | 2020   14.07H

O chefe da diplomacia da União Europeia lembrou hoje que uma eventual mudança do formato do G7 "não é uma prerrogativa da presidência" do grupo, pelo que os Estados Unidos não podem decidir unilateralmente reintegrar a Rússia.

"Gostaria de salientar que a prerrogativa da presidência do G7, neste caso os Estados Unidos, é emitir convites pontuais, que refletem as prioridades do anfitrião. No entanto, alterar o formato [do grupo] não é uma prerrogativa sua", advertiu o Alto Representante da UE para a Política Externa, Josep Borrell.

Falando numa conferência de imprensa em Bruxelas, Borrell apontou que, no entender da UE, o atual formato do G7 reúne à mesma mesa não só os países mais industrializados do mundo, mas também nações que se orientam "por valores, interesses e compromissos partilhados", recordando então que a Rússia foi excluída do grupo - então G8 - por não respeitar esta lógica, na sequência da anexação ilegal da península ucraniana da Crimeia, em 2014.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE