PUBLICIDADE
Actualidade

Justiça sul-coreana pede mandado de prisão para herdeiro da Samsung

04 | 06 | 2020   09.24H

A Procuradoria de Seul solicitou um mandado de prisão para o vice-presidente e herdeiro do grande grupo sul-coreano Samsung, Lee Jae-yong, numa investigação sobre a controversa fusão de duas subsidiárias em 2015, foi hoje anunciado.

O vice-presidente da Samsung Electronics, Lee Jae-yong, foi condenado em 2017 a cinco anos de prisão no âmbito do escândalo de corrupção que levou à demissão e prisão da ex-Presidente da Coreia do Sul Park Geun-hye.

O empresário, de 51 anos, foi libertado um ano depois, mas está atualmente envolvido noutro processo judicial.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE