PUBLICIDADE
Actualidade

Rota do Românico investiu 30 milhões em 20 anos na recuperação de monumentos

04 | 06 | 2020   19.53H

A Rota do Românico investiu cerca de 30 milhões de euros, em 20 anos, na conservação e restauro de monumentos no Tâmega e Sousa, anunciou hoje a diretora daquele projeto turístico-cultural.

"Nestes 20 anos de trabalho conseguimos fazer frente às situações mais críticas nos monumentos. Neste momento, já não temos situações de património em risco. É preciso sempre manter e vamos tentando conseguir investimentos para o fazer", afirmou Rosário Machado, em declarações aos jornalistas.

Falando após a apresentação à imprensa dos melhoramentos realizados na Igreja de S. Nicolau, um monumento classificado, de estilo românico, em Marco de Canaveses, a dirigente assinalou que do património incluído na rota (58 elementos patrimoniais em 12 concelhos) falta apenas intervir na Igreja de Santo Isidoro, no mesmo concelho.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE