PUBLICIDADE
Actualidade

PR moçambicano manifesta abertura para dialogar com dissidentes da Renamo

05 | 06 | 2020   18.48H

O chefe de Estado de Moçambique, Filipe Nyusi, manifestou-se hoje aberto para dialogar com os dissidentes da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), acusados de protagonizar ataques armados no centro do país.

"Nós estamos disponíveis para falar com eles e ouvir o que está mal neste processo de inclusão, reconciliação e tolerância", declarou Filipe Nyusi, durante uma cerimónia que marca a desmobilização de guerrilheiros da Renamo no âmbito dos entendimentos entre o Governo e a principal força de oposição do país.

Para o Presidente, os ataques que têm sido registados em duas das principais estradas do centro de Moçambique atentam contra o povo moçambicano, alertando que não haverá qualquer amnistia, tendo em conta que o acordo de paz já foi assinado (em 06 de agosto do ano passado).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE