PUBLICIDADE
Actualidade

França anuncia a morte do chefe da Al-Qaida no Magrebe Islâmico

05 | 06 | 2020   23.38H

O chefe da Al-Qaida no Magrebe Islâmico (AQMI), o argelino Abdelmalek Droukdal, foi morto por militares franceses no norte do Mali, informou hoje a ministra das Forças Armadas francesa, Florence Parly, na rede social Twitter.

Este chefe histórico fundamentalista no Magrebe, mentor de vários grupos de combatentes no Sahel, foi morto na quinta-feira, a noroeste da vila maliana de Tessalit, perto da fronteira com a Argélia, apurou a AFP.

"Vários dos seus colaboradores mais próximos" também foram "neutralizados", na linguagem da ministra, que não avançou mais detalhes.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE