PUBLICIDADE
Actualidade

Retomadas escavações no sítio do Fariseu no Parque Arqueológico do Vale do Côa

06 | 06 | 2020   09.28H

Arqueólogos retomaram as escavações no sítio do Fariseu, em Foz Côa, onde foi encontrada a maior figura rupestre representativa de um auroque, admitindo tratar-se de um local "com elevando potencial para a Arte do Côa".

"Tivemos de parar as sondagens no dia 17 de março, devido à pandemia. Vamos continuar com os trabalhos que passam por tapar uma parte rocha para a recolha de sedimentos, e continuar com a reconstituição do auroque [boi selvagem]", explicou à agência Lusa o arqueólogo Thierry Aubry, da Fundação Côa Parque.

Este local fica a cerca de mais de 50 metros do curso do rio Côa, fará parte de um percurso que pode ser visitado a pé ou de canoa e contemplar uma gravura datada de há mais de 23.000 anos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Para os panascas tem que haver dinheiro, por isso esta panasquice continua a ser alimentada com os nossos impostos. País de ladrões socialistas e não só este.
    Dono dos Burros | 06.06.2020 | 12.50Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • VAI TER A NACIONALIDADE PORTUGUESA HAJA DINHEIRO PARA DESBARATAR PARA A SAÚDE LARES NADA HÁ VERGONHA DESTA TERRA QUIMADA
    Povo | 06.06.2020 | 11.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE