PUBLICIDADE
Covid-19

Setor das plantas e flores com prejuízo de 180 ME até junho - Associação

18 | 06 | 2020   14.06H

O setor de plantas e flores em Portugal está "muito fragilizado" devido ao impacto da pandemia de covid-19, estimando-se em 180 milhões de euros os prejuízos contabilizados até junho deste ano, segundo a associação portuguesa de produtores.

"Os prejuízos resultantes desta pandemia de covid-19 devem rondar cerca de 50% do negócio total", revela um inquérito realizado pela Associação Portuguesa de Produtores de Plantas e Flores Naturais (APPPFN) sobre a quebra de produção e de vendas, no período compreendido entre março e junho deste ano e que estima em 180 milhões de euros os prejuízos causados.

A situação vivida em Portugal é semelhante à dos restantes países europeus, sendo que de acordo com as estimativas da Union Fleurs, Ena, Areflh e Copa-Cogeca, que representam os vários segmentos do setor na União Europeia, o impacto da pandemia "no auge da crise, em março e abril deste ano", representou prejuízos em 17 países da UE no montante de 4,12 mil milhões de euros.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE