PUBLICIDADE
Actualidade

Bienal de Veneza revela programas de teatro, dança e música e quer presença do público

24 | 06 | 2020   15.46H

O presidente da Bienal de Veneza, Roberto Cicutto, rejeitou hoje a ideia de apresentar as programações de teatro, dança e música, previstas para setembro e outubro, apenas 'online', porque "estas artes vivas precisam de público".

O responsável falava numa conferência de imprensa, via Internet, para apresentar as programações dos três festivais, com a participação dos respetivos diretores, o encenador italiano Antonio Latella, para o teatro, a coreógrafa canadiana Marie Chouinard, para a dança, e o compositor Ivan Fedele, para a música.

Devido ao impacto da pandemia da covid-19, os festivais de teatro e de dança da Bienal de Veneza, previstos para junho e julho, tiveram de ser adiados.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE