PUBLICIDADE
Actualidade

Cientistas da NASA sugerem que oceano de Europa terá condições para albergar vida

24 | 06 | 2020   23.00H

Simulações feitas por cientistas da agência espacial norte-americana NASA sugerem que o oceano subterrâneo da gelada Europa, uma das quatro maiores luas de Júpiter, terá condições para albergar vida, foi hoje divulgado.

Os resultados do trabalho, ainda não publicados, foram apresentados na conferência Goldschmidt, considerada a principal conferência sobre geoquímica, promovida pela Sociedade Geoquímica, nos Estados Unidos, e pela Associação Europeia de Geoquímica. Este ano, devido à pandemia da covid-19, a iniciativa decorre à distância, terminando na sexta-feira.

Cientistas do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, na Califórnia, socorreram-se de dados da sonda Galileu (que esteve na órbita de Júpiter entre 1995 e 2003) e criaram modelos geoquímicos de reservatórios de água do interior de Europa, a sexta maior lua do Sistema Solar (mas um pouco mais pequena do que a Lua da Terra) e que terá um oceano debaixo da sua camada superficial de gelo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE