PUBLICIDADE
Actualidade

Primeiro-ministro do Paquistão refere-se a bin Laden como mártir e critica EUA

26 | 06 | 2020   11.30H

O primeiro-ministro do Paquistão disse hoje que os Estados Unidos "martirizaram" Osama bin Laden, o líder da Al Qaeda responsável pelo ataque a Nova Iorque em setembro de 2001, utilizando um termo dedicado aos homens tombados em batalha.

Imram Khan referiu-se a Osama bin Landen durante um discurso no Parlamento em que criticou os antecessores frisando que a aliança com os Estados Unidos "na luta contra o terrorismo foi um erro".  

Khan disse também que Washington usa linguagem abusiva contra o Paquistão, nomeadamente criticando as falhas de Islamabad em relação ao Afeganistão.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE