PUBLICIDADE
Venezuela

Colômbia, Bolívia e Paraguai condenam expulsão da embaixadora da UE

30 | 06 | 2020   04.19H

Os Governos da Colômbia, Bolívia e Paraguai condenaram na segunda-feira a expulsão da embaixadora da União Europeia (UE) na Venezuela, a portuguesa Isabel Brilhante, por ordem do Presidente Nicolás Maduro.

"Rejeitamos a decisão (...) tomada pelo regime ilegítimo de Nicolás Maduro. Continuamos em nosso chamado à comunidade internacional para impedir a tirania em nosso país irmão", afirmou o Ministério das Relações Exteriores da Colômbia numa publicação na rede social Twitter.

Por seu lado, o Ministério das Relações Exteriores do Paraguai publicou outra mensagem na mesma rede social na qual "lamenta a decisão do regime ilegal de Maduro de expulsar o representante da UE na Venezuela" e que deve deixar o país sul-americano nas próximas 72 horas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE