PUBLICIDADE
Covid-19

Rio atribui polémica à volta das declarações de Medina a "recados" dentro do PS

30 | 06 | 2020   19.17H

O líder do PSD atribuiu hoje a polémica suscitada com as declarações do autarca Fernando Medina sobre o combate à pandemia da covid-19 a "recados" e "guerras" entre Câmara de Lisboa, Governo e "dentro do PS".

Rui Rio, que falava no Porto à margem de uma conferência de imprensa sobre as propostas de alteração de funcionamento da Assembleia da República, escusou-se a comentar o pedido de demissão feito pelo seu partido na Assembleia Municipal de Lisboa que visa o presidente da câmara da capital, Fernando Medina, referindo que não comenta "recados".

"Não me queria meter nisso por uma razão muito simples. O dr. Fernando Medina veio dizer, por palavras um pouco mais violentas do que as minhas, aquilo que eu já disse. Objetivamente, o combate à pandemia está a correr mal em Lisboa e Vale do Tejo (...). São guerras da Câmara de Lisboa com o Governo ou guerras com o PS e recados uns para os outros e isso não comento", disse Rui Rio.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE