PUBLICIDADE
Actualidade

Ministro da Educação brasileiro demite-se antes de tomar posse após polémica com currículo

30 | 06 | 2020   23.06H

O ministro da Educação brasileiro, Carlos Decotelli, pediu hoje demissão do Governo, uma semana após ser nomeado e antes de tomar posse, devido a várias polémicas com o seu currículo, como suspeitas de falsos títulos académicos e de plágio.

Decotelli confirmou ao canal televisivo CNN Brasil e ao jornal Folha de S. Paulo que apresentou a sua demissão.

Até ao momento, o executivo brasileiro, liderado pelo Presidente Jair Bolsonaro, ainda não anunciou oficialmente a saída do governante, cuja nomeação foi publicada em Diário Oficial da União na semana passada.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE