PUBLICIDADE
Covid-19

Centro Champalimaud associa-se a projeto israelita para monitorizar olfato

01 | 07 | 2020   07.05H

Portugal, através do Centro Champalimaud, em Lisboa, associou-se a um projeto criado em Israel que permite às pessoas fazerem numa plataforma na Internet a monitorização do olfato, cuja perda é um dos sintomas da covid-19, divulgou hoje a instituição.

O teste olfativo 'online' - SmellTracker - foi concebido no laboratório do neurocientista Noam Sobel, do Instituto Weizmann, em colaboração com o Centro Médico Wolfson, ambos em Israel, com base num algoritmo desenvolvido anteriormente para caracterizar a assinatura digital olfativa de uma pessoa.

O algoritmo do SmellTracker permite mapear a perceção do olfato a partir de cinco grupos de cheiros habitualmente disponíveis em casa, como os de café, chá, sumos, mel, canela, cebola, alho, azeite, vinagre, mostarda, ovo cozido, enlatados, perfume, champô, detergente de roupa, sabonete, protetor solar, ervas aromáticas ou molho de soja.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE