PUBLICIDADE
Actualidade

Supremo brasileiro prolonga por mais seis meses inquérito sobre notícias falsas

02 | 07 | 2020   02.58H

Um juiz do Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro prorrogou na quarta-feira por mais seis meses um inquérito sobre a disseminação de notícias falsas contra magistrados daquela instância e seus familiares.

"Considerando a necessidade de prosseguimento das investigações e a proximidade do recesso, nos termos previstos no artigo 10 do Código de Processo Penal, prorrogo por mais 180 dias, a partir do encerramento do prazo anterior (15 de julho), o presente inquérito", escreveu o juiz Alexandre de Moraes na sua decisão.

O inquérito em causa foi instaurado em março do ano passado para apurar ameaças, ofensas e notícias falsas difundidas contra magistrados do STF e seus familiares, e cuja investigação está no centro da crise entre o atual Governo e aquele tribunal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE