PUBLICIDADE
Actualidade

Prolongado em 30 dias inquérito sobre interferência de Presidente brasileiro na Polícia

02 | 07 | 2020   03.03H

Um juiz do Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro prorrogou na quarta-feira por mais 30 dias um inquérito sobre a alegada interferência do Presidente, Jair Bolsonaro, na Polícia Federal (PF).

Esta é a segunda vez que o magistrado Celso de Mello amplia o prazo das investigações, sendo que a última vez ocorreu em 08 de junho, quando foram adicionados 30 dias.

Na decisão, o juiz indicou que concedeu um novo prazo tendo em conta a realização de "diligências investigatórias ainda pendentes".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE