PUBLICIDADE
Covid-19

Pelo menos 186 jornalistas morreram em 35 países

02 | 07 | 2020   05.17H

Pelo menos 186 jornalistas morreram em 35 países nos últimos quatro meses devido à covid-19, muitos depois de cobrirem notícias relacionadas com a pandemia, informou na quarta-feira a organização não-governamental (ONG) Emblem Press Campaign (PEC).

A organização, que recolhe regularmente dados sobre ameaças e ataques à profissão, contabilizou as mortes ocorridas entre 1 de março e 30 de junho, frisando que "o número de mortes reais é provavelmente muito superior", já que "os jornalistas mortos durante este período não foram testados ou a sua morte não foi anunciada publicamente", pode ler-se no comunicado da PEC.

A América Latina contabiliza metade das mortes de jornalistas no exercício da profissão (93), seguida da Ásia (34 mortes), Europa (26), África (19) e América do Norte (14).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE