PUBLICIDADE
Covid-19

Algumas companhias aéreas africanas não vão sobreviver à pandemia - UA

02 | 07 | 2020   16.24H

Adis Abeba, 02 jul (2020) - A comissária das Infraestruturas da União Africana disse hoje que há companhias aéreas no continente que não vão sobreviver à covid-19, adiantando que a pandemia travou o projeto de mercado único de transporte aéreo em África.

"Até agora, as companhias aéreas africanas perderam 80 mil milhões de dólares [71 mil milhões de euros] e algumas dessas companhias não vão continuar no pós-covid-19", afirmou Amani Abou-Zeid.

A comissária da União Africana para as Infraestruturas e Energia falava hoje numa conferência online conjunta do Fórum Mundial e do escritório regional para África da Organização Mundial de Saúde (OMS), dedicada aos efeitos da pandemia no turismo e no setor da aviação em África.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE