PUBLICIDADE
Actualidade

Panamá conclui exumação de vítimas da invasão norte-americana

03 | 07 | 2020   01.24H

As autoridades judiciais do Panamá terminaram hoje num cemitério na capital o processo de exumação de cadáveres de vítimas da invasão dos Estados Unidos, em 1989.

Neste processo, que começou em 20 de janeiro e esteve parado devido à pandemia da covid-19, foram exumados "33 sacos de cadáveres" com "os restos mortais de pessoas que foram vítimas da invasão dos Estados Unidos no Panamá", disse o Ministério Público, em comunicado.

Os sacos estão "devidamente embalados" na Morgue Judicial e, assim que os restos mortais "se encontrem no laboratório do Instituto de Medicina Legal e Ciências Forenses, serão trabalhados por peritos, para se fazer a devida análise".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE